5 sinais que você precisa trocar o óleo do seu carro

Várias vezes, a necessidade de prevenção do carro é ignorada pelo dono do carro. Trocar o óleo do motor é uma das formas mais acessíveis e mais em conta de se garantir de que o carro permanecerá operando em bom estado.

De um modo geral, a orientação é para que a troca do óleo possa ser executada a cada cinco mil quilômetros rodados. Mesmo que isto não afete seu veículo, não é precisamente necessário, principalmente na ocasião em que se trata de automóveis novos.

Normalmente, de 6.500 a 10.000 quilômetros ainda é um espaço admissível a fim de manter o seu repositório de óleo.

Mas como entender se o óleo está bom ou ruim? Observe muitos dos indícios que o produto e o motor do automóvel vão revelar:

Fique atento com óleo preto e com partículas

Este aspecto é o que você necessita treinar seu olho a notar. A cor natural do óleo é mais para um marrom, o líquido, que é espesso, irá escurecer aceleradamente após certas semanas de utilização.

Já que você começa a enxergar partículas mescladas a este óleo escuro é porque chegou o momento de substituir o óleo. Se você não almeja sobrecarregar o filtro até o ponto em que os contaminantes cheguem a cair no motor, disponha o mais depressa possível a troca do óleo assim que constatar a mudança do tom e aspecto do óleo.

O seu motor funcionando faz barulho mais alto que o habitual

sinais-para-troca-de-oleo O óleo engraxa o seu motor. Sem lubrificação, as engrenagens principiarão a atritar umas nas outras, a rinchar, provocando ruídos mais intoleráveis do que você está acostumado a ouvir dentro do capô do carro.

Substituir o óleo velho por um novo pode evitar dores de cabeça piores.

Não se lembra da data de substituição, e agora?

Além de certificar-se de que o óleo está no nível apropriado, a coisa mais fundamental a respeito de saber se a época da troca de óleo está chegando é fazer um cronograma de substituição.

Caso você não consiga se lembrar da última vez que os fluidos do motor do seu automóvel foram trocados, então troque o óleo independentemente de ter convicção quando foi a troca anterior. Registre a data da substituição recente e comece a fazer um planejamento de troca por tempo e/ou quilômetros rodados.

Luz de verificação do motor ligada

sinais-para-troca-de-oleo Muitos carros atualmente têm seu próprio sinal de medidor de óleo, mas, para os mais velhos, a luz do controle do motor pode se mostrar sempre que tem alguma coisa errada com o lubrificante.

Antes de perder tempo tentando checar todo o resto de problemas que o motor pode manifestar, torne o processo mais simples e verifique a vareta do óleo em primeiro lugar.

Quantia pouca de óleo exige sua prudência

O motor irá, sucessivamente, “beber” o óleo. É o que ocorre, quando o fluido está sendo usado por um tempo. No entanto, quando o óleo está velho ele, possivelmente, não vai estar fazendo o seu trabalho com tanta eficiência.

E no momento em que o óleo não está de fato fazendo seu trabalho, o motor vai usar cada vez mais fluido a fim de garantir que seu funcionamento fique sem problemas.

Quando você enxerga o nível do fluido do motor ficar extremamente baixo, não é apenas completar o óleo. Verifique a espessura do produto. É capaz de ser momento de fazer a substituição total.